Voltar para notícias · 02 agosto, 2007

Paulo Corrêa elogia decisão do TJ em manter CPI

Na sessão ordinária da Assembléia Legislativa dessa manhã (02), o deputado estadual Paulo Corrêa (PR), presidente da CPI da Enersul, ressaltou a atitude do Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul que, por unanimidade, negou ontem,agravo regimental interposto pela Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) mantendo os trabalhos da Comissão Parlamentar de Inquérito.

Essa é a segunda derrota da empresa na justição. Paulo Corrêa utilizou a tribuna para elogiar a decisão do TJ lembrando que a responsabilidade da CPI se consolida ainda maiscom o aval do poder judiciário.

"No Tribunal de Justiça foram 25 votos a zero. Aqui na Assembléia os 24 deputados apóiam a CPI. Essa é uma luta de todos", afirmou o parlamentar.

Proposta

Estáagendada para amanhã, às 15 horas, a reunião com os diretores da concessionária e da holding Energias do Brasil. Os parlamentares esperam uma proposta concreta de redução na conta de energia.

"Vamos ouvir o que a Enersul pode fazer para baratear as contas", afirmou Paulo Corrêa. Segundo ele, devem participar da reunião representantes dos Ministérios Públicos Estadual e Federal e Defensoria Pública.

O deputado também pediu a presença do presidente da Assembléia Legislativa, deputado estadual Jerson Domingos e disse que vai franquear o encontro à imprensa.

Continuidade

Para Paulo Corrêa, o barateamento da conta de energia elétrica é o grande objetivo da CPI. No entanto, existem outras questões que serão discutidas pelos parlamentares como a qualidade de energia e a qualidade de atendimento.

Deputado Estadual Paulo Corrêa

Copyright 2021 © Paulo Corrêa - Deputado Estadual | Todos os direitos reservados | Design por Argo Soluções

Localização

Palácio Guaicurus | Av. Desembargados José Nunes da Cunha,
Parque dos Poderes - Bloco 9 - Jd. Veraneio.
CEP:79031-901 - Campo Grande – MS