Voltar para notícias · 15 fevereiro, 2019

A pedido de Paulo Corrêa, Aneel virá a MS dar explicações sobre aumento nas contas de energia

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Paulo Corrêa, anunciou hoje que convidou a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para vir ao Estado dar explicações sobre os recentes aumentos abruptos nas contas dos consumidores.

De acordo com Paulo Corrêa, que já presidiu duas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) que investigou, na época, a concessionária Enersul, embora nos últimos meses o Estado tenha registrado temperaturas altas, é importante sim que a Annel aponte exatamente os motivos e corrija possíveis erros nas cobranças.

A afirmação foi feita durante entrevista do presidente à Rádio 95 FM Capital, na manhã desta sexta-feira (15).

“Eu consegui falar lá para que o novo presidente da Aneel [André Pepitone] venha em um trabalho conjunto com Fiems, Fecomércio, Famasul, enfim, setor produtor, para conversarmos agora em março. Vamos discutir tecnicamente essa cobrança, pois o sistema tarifário de cobrança é até difícil de entender. São 139 itens que compõem o cálculo da cobrança”, disse Paulo Corrêa, que foi presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investigou casos semelhantes em 2006 e 2007 e conseguiu a devolução de R$ 200 milhões aos consumidores – reveja aqui.

A data da reunião com a Aneel ainda será definida e a Assembleia Legislativa vai realizar no próximo dia 12 de março uma audiência pública para discutir o aumento das contas de energia. Paulo Corrêa adiantou que toda a população poderá participar da audiência, a ser realizada às 14h30, no Plenário Júlio Maia – no Palácio Guaicurus, Bloco 9, no Parque dos Poderes.

“A reclamação é generalizada, com contas impraticáveis. A Energisa [concessionária de energia] já foi à Assembleia discutir o assunto, mas falou do calor, porém conta de R$ 79 mil? Pode ter erro? Pode. Por que não assumir? Tem gente que lançou errado? Não sei, mas sei que dá para entender que uma hora é bandeira verde e outra é bandeira verdade, mas convenhamos que teve muita chuva ano passado. Temos que fiscalizar sim”, explicou o presidente.

*A entrevista foi concedida a Marcos Farias e Ben Hur Ferreira.

Texto: Edilene Borges e Fernanda Kintschner  

Deputado Estadual Paulo Corrêa

Copyright 2021 © Paulo Corrêa - Deputado Estadual | Todos os direitos reservados

Localização

Palácio Guaicurus | Av. Desembargados José Nunes da Cunha,
Parque dos Poderes - Bloco 9 - Jd. Veraneio.
CEP:79031-901 - Campo Grande – MS